O projeto

O projeto Corredor Cultural Forproex Sudeste, capitaneado pelo Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Instituições de Ensino
Superior Públicas – Regional Sudeste (Forproex Sudeste), engloba uma série de eventos para circulação dos diversos fazeres artístico-culturais produzidos nas instituições de ensino superior (IES)
públicas, distribuídas em cerca de setenta diferentes cidades nos quatro estados da Região: Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de
Janeiro e São Paulo.

A principal motivação para a implementação do projeto diz respeito ao impulsionamento de ações culturais por ele promovidas no ambiente universitário, a partir do fomento às práticas extensionistas, aos trabalhos de pesquisa, ao estímulo e à motivação da aprendizagem, à criação artística e ao intercâmbio de grupos e profissionais ligados à arte, à cultura e a áreas correlacionadas. Além dessas premissas básicas, o projeto foi desenhado também para alinhar-se com as metas do Plano Nacional de Extensão, ampliando suas possibilidades de criação, de produção, de acesso e de difusão em diferentes nuances, de forma profissional e sistematizada.

Como objetivos específicos, o Corredor Cultural Forproex Sudeste prevê o incremento da programação de atividades culturais e artísticas e a promoção de novas formas de convívio e sociabilidade nos campi universitários, entre os campi e destes com as várias sociedades regionais; o mapeamento e o diagnóstico das demandas e ofertas culturais dentro de cada universidade; a valorização da cultura popular e o resgate das culturas tradicionais para processos de inclusão e de socialização do tema Cultura nas IES, procurando realçar o trabalho de alunos, docentes, servidores técnico-administrativos e demais redes envolvidas; o incentivo à formação artística e cultural de protagonistas das comunidades acadêmicas e do público em geral, por meio de oficinas, vivências e intercâmbio de artistas e comunidades do entorno; a atuação como instrumento de construção da identidade cultural universitária, fortalecendo produtos já desenvolvidos e encontrando novas possibilidades de atuação e o estímulo ao esforço das IES na promoção e garantia dos direitos culturais.

Com um calendário anual de realização, as ações culturais são pensadas a partir de quatro diferentes modalidades:

  • Mostras e Exposições
  • Cursos e oficinas
  • Música
  • Artes da Cena

 

Link da apresentação e resumo das atividades de junho 2016 até março 2017


APOIO